domingo, 29 de junho de 2008

"Pasta" & Vaca

Pasta é o termo italiano para «massa». Há tempos preparei uma pasta inspirada numa receita que vi algures (já não me lembro) e que ainda aqui não tinha posto...


Ingredientes:

1 copo e meio de farinha T55;
2 ovos;
2 colheres de chá de sal;
10 grãos de pimenta esmagados;
1 colher chá de alho em pó.


Preparação:

Juntar os ingredientes da massa e trabalhá-los num processador de comida ou no programa «amassar» da máquina de fazer pão até se formar uma bola. Divide-se a dita bola em partes mais pequenas, esticam-se e passam-se por uma máquina de pasta. Não tendo uma, pode-se sempre esticar a massa com um rolo da massa, numa superfície bem enfarinhada, e depois dobrá-la em várias partes (a farinha faz com que não se colem umas às outras), que se cortam em tiras. A pasta resultante mergulha-se em água a ferver com sal. Pode adicionar-se um fio de azeite à cozedura. Depois escorre-se.

Feita a massa, é rápido preparar a carne.


Ingredientes:

500g de bife de vaca de grossura média, cortado às tiras;
2 tomates grandes, cortados em cubos;
1dl de vinho branco;
1dl de vinho tinto;
4 colheres de sopa de azeite;
25/30g (um terço de molho) de salsa;
alho seco picado;
sal q.b..


E faz-se assim:

Tempera-se a carne com alho e sal. Aquece-se azeite num tacho em lume forte, a que se junta o tomate. Quando começar a ferver, junta-se a carne, que se deixa cozinhar durante mais ou menos tempo, conforme o gosto de cada um. Como não gosto da carne de vaca muito bem passada, só a deixei dourar de ambos os lados. Assim que a carne se deita no prato, deitam-se também os vinhos, isto para o álcool ter tempo de evaporar sem a carne cozer de mais. Tudo isto, como já referi, em lume forte, para o tomate produzir um molho espesso. Caso o molho teime em não engrossar, junta-se um pouco de farinha de trigo. Quando a carne estiver cozida, apaga-se o lume e cobre-se com salsa finamente cortada.

Depois é só cobrir a pasta com a carne e o molho, abrir um bom tinto e...