domingo, 15 de junho de 2008

Pingo Doce — Dão Reserva '2004

Tenho vindo a tentar vencer o preconceito contra os vinhos de marca branca, e foi precisamente isso que me levou a travar conhecimento com este tinto de 3,50€.

É um vinho produzido pela Quinta de Cabriz, propriedade da Dão Sul. Aliás, há quem diga que é virtualmente (será? só?) igual ao Quinta de Cabriz "Reserva" do mesmo ano — que custa o dobro ou um pouco mais.

Traz a marca do Dão no aroma. Mais flores que frutos. Balsâmicos frescos e adocicados. Fumos vários e cabedal. Um não sei quê químico e toque de baunilha. Curiosas sugestões a iogurte de banana. Bom nariz! Complexo, agradável, com carácter. À boca falta profundidade e persistência, mas o equilíbrio é notório, tal como o é o sabor agradável da fruta bem engranzada com notas de barrica, a que não falta presença e, até, alguma originalidade. Interessante ainda a quantidade e qualidade dos taninos presentes.

Gostei muito.

16