quarta-feira, 2 de julho de 2008

Ciabatta...

Uma receita de Jamie Oliver, via Letrícia. Modifiquei algumas coisas de modo a poder bater-se a massa na máquina de fazer pão — e também para ficar mais ao meu gosto.

Os dois pãezinhos levaram:

600ml de água;
650g de farinha de trigo T55;
500g de sêmola de trigo;
50g de fermento de padeiro;
6 colheres de sopa de azeite;
2 colheres de sopa bem cheias de sal;
1 colher de sopa bem cheia de mel;
Cuscuz e farinha de trigo T55 q.b. para polvilhar (e isso).





E fi-los assim: na cuba da máquina de fazer pão coloquei, por esta ordem, a água, azeite, mel, sal, a sêmola e a farinha. Abri um buraquinho no meio da farinha e esfarelei lá para dentro o fermento. Deixei a máquina amassar estes ingredientes durante meia hora. Aqui uma ressalva: se a massa ainda se colar aos dedos após 15 ou 20 minutos a amassar, adicione mais 70 ou 100g de farinha de trigo. O resultado deverá ser uma massa bastante elástica.

Cobri a superfície onde ia trabalhar a massa com uma mistura de farinha de trigo e... cuscuz!, numa proporção de 2:1 em volume — ou seja, para V (ml) de cuscuz, 2V (ml) de farinha. Depois, nesta superfície, dividi a massa em duas partes a que dei a forma de baguettes.

Com a tesoura, fiz uns cortes em "V" no topo de cada baguette (repare nas reentrâncias que o pãozinho da foto apresenta, ainda que tenham alargado com a cozedura...) e polvilhei tudo com a mistura de cuscuz e farinha com que tinha coberto a superfície onde trabalhei a massa.

Coloquei ambas as baguettes no tabuleiro (anti-aderente) de ir ao forno, deixando não só bastante espaço entre elas como também entre cada uma e as paredes contíguas do tabuleiro, de modo a poderem crescer ao levedar. Como a massa já sai morna da máquina de fazer pão e o tempo também estava quente, limitei-me a colocar o tabuleiro dentro do forno fechado, sem o ligar, durante uma hora. Levedaram, e bem. Cresceram muito. Depois liguei o forno a 200ºC, resistências de cima e de baixo. Cozeram assim os pãezinhos durante cerca de 40 minutos.

E ficaram um espectáculo.