quarta-feira, 30 de julho de 2008

Quinta da Mimosa '2005

Tinto D.O.C. de Palmela — varietal Castelão da Casa Ermelinda Freitas.

Segundo a página do produtor, provém de vinhas velhas, com 40 anos, implantadas em solos arenosos. É vinificado com fermentação em cubas-lagares de inox a temperatura controlada e maceração pelicular — ou seja, as peles das uvas mantêm-se em contacto com o mosto antes da fermentação — prolongada. Estagia durante 12 meses em meias pipas de carvalho francês.

Foi decantado e servido a 16ºC. Desde logo libertou aromas intensos e muito doces a amoras e framboesas, com fortes sugestões de melaço e chocolate, assentes num fundo fresco ligeiramente mentolado e vagamente terroso. A boca, muito redondinha, também cheia de fruta, mostrou boa estrutura — taninos muito finos conjugados com uma acidez interessante, a entrar no conjunto evocando maracujá — e apresentou vívidas — tanto que surpreenderam — impressões a leite com chocolate temperado com baunilha. Gostei.

Custou 8,50€.

16