domingo, 31 de agosto de 2008

Conde de Vimioso '2007

Este tinto, produzido no Ribatejo pela FALUA, é uma mistura de Touriga Nacional, Aragonês e Cabernet Sauvignon que passou por um breve estágio (6 meses) em madeira de carvalho antes de ser posto à venda.

Desde há muito que — talvez por hábito — se tem comprado cá para casa uma garrafita ou duas deste vinho por ano. De qualquer forma, ainda não tinha provado o de 2007.

Assim que o abri, reparei que trazia uma rolha aglomerada DIAM. Daquelas que impedem a formação de um dos mais comuns defeitos no vinho, a presença de 2,4,6-tricloroanisol (TCA), que se forma quando certos fungos que ocorrem naturalmente no ar se vêem em contacto com compostos clorofenólicos, provocando o chamado «sabor a rolha», que é uma merda, de facto.

Ora, se, por um lado, a DIAM impede, com certeza, um vinho de «rolhar», por outro, uma rolha aglomerada... bem, a meu ver, só mesmo num vinhito corrente de consumo rápido. E que importa o «a meu ver»? Para o mundo, muito pouco. Para mim, o suficiente para me levar a não voltar a comprar nenhum vinho de mais de 5€ que traga uma rolha destas. E se for parvoíce, bem, problema o meu... consigo viver com ele, sem dúvida.

O vinho propriamente dito apresentava-se escuro, fazendo adivinhar uma boa concentração. De aromas, naturalmente jovem, com os frutos vermelhos misturados com qualquer coisa de fumado e alguma vinosidade. Na boca, a fruta surgiu discreta, pouco doce, acompanhada de alguma, pouca, madeira. A acidez, vincada, transmitia certa sensação de frescura. Os taninos estavam um pouco adstringentes e diria até que o álcool, de tão bem integrado, trouxe algo ao conjunto — talvez intensidade, talvez profundidade, talvez ambas as coisas.

Termina discreto, não se evitando, uma vez mais, a desilusão.

OK, este vinho não é mau e até aparenta ter crescido alguma coisa — pareceu-me tê-lo encontrado um pouco mais sério, mais profundo que o da colheita anterior. Ainda assim, e mesmo tendo em conta a gama de preços em que se insere e a qualidade da concorrência disponível na dita, para mim, não tem atributos para ser uma opção de primeira linha.

13,5