sábado, 13 de setembro de 2008

Hmmm...

Foi numa manhã fresca, acinzentada e um bocado húmida. Tinha acabado de vir da parvónia, e tinha vindo de propósito para jogarmos esta partida, bastante importante e já adiada por minha causa. Para cúmulo, tínhamo-la marcada para certo sítio, mas ou me esqueci ou me confundi, e acabei por ir ter a outro. Na Sé Velha. Nunca cheguei a perceber o que me terá dado na cabeça para pensar que íamos jogar na Sé Velha. Enfim, de alguma forma, vi-me a beber cerveja dentro de um cafézito de hippies que lá existia. Só duas ou tês, antes de telefonar a quem devia, que, deveras estupefacto, me disse onde era, de facto, o jogo. Que choque! Depois foi trotar pela Pe. António Vieira abaixo! Tinha a atenção a zero e o coração a bater como louco, mas cheguei ao sítio certo antes de perder por tempo , uns 45 minutos depois da hora marcada para o início do jogo. Filmes! Só filmes! Entretanto acalmei e as coisas nem correram mal.