sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Lavradores de Feitoria — Três Bagos '2005

Mais um da Lavradores de Feitoria.

Com a arte e o engenho lotar, complementámos as características muito próprias de cada vinho, quinta e «terroir», para criar um Três Bagos moderno que mostra toda a riqueza e complexidade do Douro — reza o rótulo.

Cor arroxeada. Aroma que sugere bagas pretas e roxas, esteva, balsâmico e chocolate, algum etanal volátil, verniz e bastante madeira. Muito intenso de sabores — acidez acentuada — revela fruta de boa qualidade, saborosa, mas que amarga um pouco. Muitos taninos, algo farinhentos. Álcool por vezes indiscreto. Final razoável.

Impressionou-me menos que o Gadiva — apenas pelo preço, confesso-o — não deixando, contudo, de ser uma boa opção para o dia-a-dia. Custa cerca de 6,50€.

15