quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Quinta de Saes — Colheita Exclusiva '2007

Dão (DOC) produzido por um dos grandes enólogos portugueses da actualidade — Álvaro Castro.

Cor rubi de intensidade moderada.

Aroma jovem e original, dulcíssimo e ligeiramente vinoso. Cheio de perfume de figo em mel no ataque, evolui depois para nítidas notas de cera e banana seca, por entre as quais apenas se conseguem adivinhar ligeiras sugestões de cassis.

Boca equilibrada a revelar muita fruta sumarenta num registo «doce» e fácil de beber. Taninos arredondados e final discreto.

Está bem feito e é um vinho muito, muito fresco. Não é grande, não é profundo, não tem potencial para envelhecer. É um tinto para ocasiões de branco, para quem não gosta de brancos... como eu.

Para o preço, menos de 3€, é uma óptima aquisição.

Do mesmo produtor, cá em casa gostamos muito deste.

15