terça-feira, 18 de novembro de 2008

Queques Mimi

Mimi porque sim [por mais que o nome o sugira, esta receita não foi retirada de um compêndio culinário dos anos 70]. De sabor suave, são fáceis, versáteis, deliciosos. Não é desprazer nenhum fazê-los e é um sonho comê-los.




300g de açúcar;
480ml (≈250g) de farinha;
240ml (≈250g) de iogurte natural, não açucarado;
100ml de leite meio gordo;
70ml de óleo;
3 ovos grandes;
1 colher de sopa de fermento;
1 ½ colher de chá de vanilina;
1 pitada de sal.


Misturam-se os iogurtes com o açúcar numa taça grande. Depois juntam-se a essa mistura as gemas (as claras reservam-se), batendo muito bem (durante 1 ½ ou 2 minutos) a cada adição.

Junta-se o óleo e volta-se a bater a mistura. Junta-se o leite e a essência de baunilha. Bate-se novamente. Peneira-se a farinha, misturada com o fermento, para dentro da mistura. Mexe-se tudo com a colher de pau. Por fim, numa taça à parte, batem-se as claras em castelo bem firme, com uma pitada de sal. Envolvem-se depois no preparado anterior com a ajuda da colher de pau.

Nesta altura, a massa está pronta. Querendo fazer alguns queques de chocolate, por exemplo, pode tirar uma parte da massa para dentro de outro recipiente e juntar-lhe cacau magro em pó (para metade da quantidade total de massa, 3 colheres de sopa de cacau). Pode fazer marmoreados. Pode fazer queques com outros sabores...

Em formas de queque, a massa leva-se ao forno a 150ºC durante aproximadamente 50 minutos.

Em forma normal, para fazer antes um único bolo «grande», a 180ºC durante mais ou menos 50 minutos, talvez um pouco mais.