quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Pão de Azeite

Baseado, até certo ponto, no pão dito rústico, «não sovado».


Ingredientes:

420g de farinha de trigo T65 / 300ml de água / 20g de fermento de padeiro / 2 colheres (de sopa) de azeite / 2 ou 3 colheres (de chá) de sal grosso / 2 colheres (de chá) de açúcar mascavado.




Preparação:

Aqueci a água a 35ºC, verti-a para dentro de uma grande taça de louça e lá dissolvi, tão bem quanto pude, o fermento, o azeite e o açúcar — este para potenciar a fermentação: as leveduras adoram-no.

Adicionei então pouco mais de metade da farinha — uns 250g, a olho — e misturei tudo com um garfo.

Deixei a papa resultante levedar durante duas horas, tapada, num sítio morno — a 30ºC — e livre de variações térmicas.

Depois juntei o sal e mexi novamente.

Misturei o resto da farinha e envolvi muito bem.

Trabalhei a massa resultante durante 15 minutos no programa «amassar» da máquina de fazer pão. É eficaz e dá um mínimo de trabalho. Contudo, claro está, pode amassar-se à mão ou com a batedeira eléctrica. Neste caso, cuidado com a escolha das varetas.

Verti a massa para cima de uma superficie enfarinhada e fiz uma bola.

Untei um recipiente próprio para ir ao forno — neste caso, de pyrex — coloquei lá o futuro pão e deixei-o fermentar novamente, em condições idênticas às da primeira vez, mas agora durante três horas.

Por fim, forno. Para os primeiros 25 minutos da cozedura, apenas liguei a resistência de baixo a 180ºC. Os restantes 20, passou-os com ambas as resistências, ligadas à mesma temperatura.

Não sendo o forno eléctrico, faça-se um lume algures entre médio e brando, e deixe-se cozer até o topo ficar dourado.

Deixei arrefecer o pãozinho dentro do forno e só depois o desenformei (para não abater).

Ficou com mais de meio quilo.