terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Pão «Não Sei» — Ou «Fondue dos Pobres»,

aquele em que até o tacho se come...




Tome-se um pão de mistura (ou coisa que o valha) de dimensões medianas e faça-se-lhe um buraco no topo, extraindo-se-lhe por aí a quase totalidade do miolo.

Num copo misturador ou recipiente de função afim, juntem-se os seguintes ingredientes: 200g de queijo mozzarella, 150g de bom chouriço, meia cebola, 3 dentes de alho (de tamanho generoso), 35g de coentros frescos e 6 colheres de sopa de maionese. Triture-se.

Recheie-se o pão com a pasta resultante do passo anterior, envolva-se em folha de alumínio e leve-se ao forno: 40 minutos a 220ºC.

Coma-se bem quente.



Notas:

• O recheio pode comer-se com o pão que o envolve, com tostas, simples [conheço uma pessoa que só gosta dele assim, mas pesa para cima de 120Kg e aposto que tem o colesterol descontrolado, eheh]...

• As proporções dos constituintes do recheio podem variar consoante o gosto de cada um.

• Partilhando, por assim dizer, a plataforma de base, pode fazer-se uma miríade de entradas diferentes. Basta variar, apenas, a parte «mais animal» do recheio. Por exemplo, substituir o chouriço por camarão e delícias do mar... ou por santola... ou bacalhau, ou atum enlatado... e porque não salmão fumado? [Conservatória, hmpf!]

Ovo cozido... & so on.