quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Primavera — Special Selection (Bairrada) '2003

Bairrada DOC das Caves Primavera.

O rótulo afirma tratar-se de um vinho moderno, resultado de «um lote combinado de uvas das castas Baga e Touriga Nacional».

Das 13350 garrafas produzidas, calhou-me a nº 11000.

De cor granada, este vinho possui um nariz complexo e até bonito, apesar de nem por um momento se mostrar efusivo e de um breve algo indefinido, acre, que deixa, desde o primeiro instante, adivinhar uma acidez elevada. Com o passar do tempo no copo, a fruta vermelha — doce mas ácida, fria e nunca gulosa — levanta-se de entre os aborrachados iniciais e demais impressões voláteis, na sua maioria «verdes», ganha presença, complexidade, e vai-se tornando mais quente, mais envolvente, à medida que, primeiro a folha de eucalipto seco, depois as notas de cacau, tabaco e folha de chá preto vão tomando os seus lugares. Sugestões de azeitona verde um pouco por toda a parte; tranfiguram-se depois em casca de laranja cristalizada.

Na boca é, acima de tudo, robusto. E muito vivo, muito enérgico — por via daquela acidez que refresca — mas também desafia o palato. Taninos maduros, mas que nunca serão realmente aveludados. Morangos e framboesas um pouco ácidos dão, com o tempo, lugar a mais generosas cerejas, cacau e figos secos.

Custou 5,20€ — grande RQP!

16,5


P.S. — A Blue Wine deu-lhe 16,5 valores em Fevereiro de 2007.