terça-feira, 10 de março de 2009

Herdade dos Muachos '2005

Valha-me Deus, que tenho bebido tanto e escrito tão pouco que não sei como vou conseguir pôr tudo aqui! Adiante.

De vinhas — parte delas com mais de 25 anos — localizadas nas cercanias de Urra, freguesia do concelho de Portalegre, vem este lote de Trincadeira, Castelão e Cabernet Sauvignon, estagiado em madeira nova de carvalho francês e americano. Isto segundo informações constantes do rótulo e da página web do produtor.

Cor rubi de concentração mediana.

Trouxe-nos muitas sensações de lagar — azeitonas esmagadas, azeite e seus subprodutos — e pastelaria, sobretudo massa folhada. A fruta, silvestre, vermelha, madura, surgiu discreta. Tudo junto, formavam um nariz franco, dotado de boa presença e inquestionavelmente original. Nada de exuberante, mas sólido q.b..

Na boca, infelizmente, a suavidade prometida pelo nariz exacerbou-se — deixando-nos a pensar nos deuses sem nome da dispersão e do vazio... Contudo, não se pode dizer que não seja um vinho equilibrado: pouca acidez, pouco álcool, pouco corpo — redondo —, pouco sabor — mas bom, a fruta fresca com leve apimentado — e final curto.

Comprei-o por cerca de 6€.

14