sexta-feira, 1 de maio de 2009

Penfolds — Koonunga Hill (Shiraz & Cabernet Sauvignon) '2006

Esta mistura de Syrah e Cabernet Sauvignon — 78/22%, respectivamente — da Penfolds foi feita com uvas provenientes das regiões de Barossa, McLaren Vale e Coonawarra. Tanto quanto consegui apurar por essa web fora, e a prova confirmou-o, parte do lote final — quanto? — passou uns meses — quantos? — em grandes barris de carvalho avinhado. Ah, esta garrafa vinha vedada com uma rolha de borracha mole, em tudo semelhante à que, faz algum tempo, encontrei nesta. Hmpf.

Decantei-o durante aproximadamente duas horas — e isto é importante, que ele precisa mesmo de tomar algum ar depois de sair da garrafa — antes de o servir a 16ºC. Certinhos.

Notas verdes típicas do Cabernet no ataque — vá lá que suaves — rapidamente engolfadas pelas cerejas e ameixas negras do Syrah. Ainda tabaco, baunilha, pimenta preta e notas de tosta exemplarmente integradas. E com o tempo, sempre sem tirar o protagonismo à fruta, chocolate amargo. Decente em variedade, um pouquinho melhor em intensidade, raso em profundidade — assim descreveria, às três pancadas, este nariz.

Já na boca me pareceu melhor — fresco, fino e generoso, de bom porte e trato agradável, com fruta saborosa e taninos firmes mas macios. Bastante equilibrado e dotado de um final bem razoável, mais uma vez entregue aos tostados. A apontar-lhe, apenas certa falta de complexidade — que aquilo que mostrou, e definitivamente não foi muito, achei bem bom.

Custou 10€.

16