quinta-feira, 18 de junho de 2009

Altas Quintas '2005

Este tinto da zona de Portalegre provém de vinhas com menos de 20 anos, situadas num planalto encostado à Serra de São Mamede, a uma altitude de aproximadamente 600 metros. Fizeram-no com uvas das castas Trincadeira, Aragonês e Alicante Bouschet, sendo que tanto fermentou como estagiou em madeira de carvalho. Para quem quiser saber mais sobre ele, deixo o enlace para a respectiva ficha técnica, sendo que — divergências estéticas à parte — a página web do produtor está bastante informativa e bem feita, justificando plenamente uma visita.




Foi servido a 16ºC, após mais ou menos uma hora de decantação. A cor pareceu-nos rubi, mais escura que opaca. O aroma, intenso e complexo, assente em impressões de amora e morango mas sobejamente marcado pela madeira, irradiava seriedade. E o corpo, em harmonia com o nariz, comprido e untuoso, de acidez marcada, muito gastronómico, foi sem dúvida o que mais nos impressionou. Rica pinga... 20€. 17