segunda-feira, 29 de junho de 2009

Vila dos Gamas — Antão Vaz '2008

Varietal Antão Vaz da Adega Coop. da Vidigueira — terra de onde a casta aparenta ser originária, por sinal.

Durante a sua elaboração, os mostos que o viriam a originar foram filtrados antes de fermentados a baixa temperatura. Não passou por madeira.

.
.
.

Cor citrina. Aroma razoavelmente intenso, doce, predominantemente tropical. Boca volumosa e muito macia, algo adocicada, com bom equilíbrio entre álcool e acidez.

Curto, simples e sem margem de progressão, este vinho não me pareceu, contudo, nada mau... mesmo ignorando o preço — pouco mais de 2€.

Tanto este como o do post segunte foram abatidos juntamente com uns snacks ligeiros baseados em marisco, esta tarde que passou.

14,5