domingo, 5 de julho de 2009

Quinta do Infantado '2006

Douro DOC de Gontelho, Sabrosa. Foi vinificado em lagares com pisa a pé e estagiado durante 16 meses — parte em cuba de inox, parte em barricas de carvalho de segundo e terceiro ano. Não foi filtrado aquando do engarrafamento. Das 15462 garrafas produzidas, calhou ter comprado a nº 3648.

Cor quase opaca. Fruto escuro levemente especiado e tosta de barrica num nariz que cresce com a evolução no copo. Ainda uma ou outra sugestão de café. Na boca é encorpado, de sabor longo e rico, bastante fresco. Taninos bem presentes, até de mais... Neste momento, o vinho aparenta encontrar-se envolto num véu de austeridade que talvez se converta em coisas boas com algum tempo de garrafa, embora não me pareça que a fruta que apresenta possua profundidade suficiente para aguentar grande envelhecimento. Talvez daqui a dois ou três anos esteja no ponto.

8€.

15