segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Altano — Reserva '2004

For when the wine is in, the wit is out.

Thomas Becon (1512–1567) — Catechism.


Douro DOC de ano quente e seco. 75% de Touriga Franca, 25% de Touriga Nacional. Uvas provenientes de duas quintas: uma delas sita no Cima Corgo, outra no Douro Superior. Passou 9 meses em madeira: cascos novos de carvalho americano e cascos de segundo ano de carvalho francês.

Decantado por duas horas e servido a 16ºC. Retinto. Nariz denso, di-lo-ia mesmo um pouco pesado, com químico e frutos negros, químico a evocar vernizes e óleos exóticos... a Touriga Franca costuma cheirar-me, claramente, a óleo de copaíba... fumo e tosta de barrica, violetas e calidez alcoólica. Corpo razoável, de sabor intenso, com a madeira bem integrada. Taninos terrosos, firmes, com ligeira aspereza. Com o fim de boca veio o mais puro sabor a chá verde alguma vez experimentado por mim aquando da degustação de um vinho. Simples, sólido, bom!

A 10€, não compromete. Mas perde em RQP para o «colheita».

16,5