segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Pickles de Gherkin

Chama-se gherkin a certa espécie de pepino considerada ideal para a elaboração de conservas. Um gherkin é isto. Um gherkin não é isto.


Ingredientes:

1 gherkin grande... estranhamente grande, com cerca de 400g;
300ml de água;
120ml de vinagre de sidra;
90ml de vinagre de xerez;
90ml de vinagre de vinho branco;
2cm de caule de aipo;
6 colheres (de sopa) de açúcar;
1 colher (de chá) de sal;
½ colher (de chá) de mostarda — isto, não confundir com isto;
¼ colher (de chá) de cúrcuma;


Preparação:

1) Fatiou-se o vegetal; descartaram-se as extremidades. 2) Temperou-se com sal e deixou-se repousar dentro de uma taça durante mais ou menos 2h, isto para permitir que perdesse alguma água, de modo a ficar mais estaladiço. 3) Misturaram-se os vinagres, o açúcar e o talo de aipo; a mistura levou-se ao lume até ferver. 4) Altura em que se removeu o aipo e se juntaram os demais condimentos. 5) O vegetal, já livre de parte da água com que a Natureza o abençoou, foi colocado dentro de um frasco esterilizado. 5) Imediatamente antes de se cobrir com a salmoura a ferver. 6) O frasco e seus conteúdos deixaram-se arrefecer, destapados, até atingirem a temperatura ambiente. 7) Antes de se taparem e guardarem no frigorífico.


Em jeito de p.s....

Gherkin, The Gherkin, também pode ser isto.