quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Vallado '2007

Tentar escrever muito sobre quase nada, ou como pode um conjunto de notas de prova publicadas de forma pretensamente perceptível a terceiros servir de deixa para a satisfação de um vício outro que o do álcool; no limite da boa vontade, um mais que razoável exercício de expressão, heh? Mas quod abundat, por vezes nocet... e ai que tédio, que balão de borracha que teima em não rebentar, não importa se um gajo marra ou escoiceia, carvalho!

Bem, vamos lá falar da bebida... :|

Tinta Roriz, Tinta Amarela, Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca e Sousão. Estagiou em inox e carvalho francês de segundo ano.

Rubi escuro e denso. Menos ácido, mais quente e frutado que o de 2006, mostra-se ao nariz com intensidade e suculência, sugerindo ameixa madura e deliciosos frutos silvestres — conjunto simples mas vivaço, amparado por leves notas de barrica. Muito saboroso, apresenta algum corpo e um final decente; pena certo ligeiro desequilíbrio alcoólico que não pode deixar de se notar. Certamente capaz de ainda vir a crescer na garrafa, está tão bom agora, ainda viçoso mas já com certa, tão necessária redondez...

Custou pouco menos de 7€.

16,5