domingo, 13 de dezembro de 2009

Altano '2007

Bom dia, anjinhos!

Hoje o dono dormiu mal, sabiam? Foi o vento!

.
.

Então o vinho:

Entrada de gama da Symington. 75% Tinta Roriz, 25% Touriga Franca. Fermentado a baixa temperatura em cubas de inox com bombas de remontagem. Aproximadamente 80% do lote final passou 4 meses em barricas usadas de carvalho francês e americano. 13% vol..

Fino mas expressivo, com amora silvestre e cereja, flores, ligeiro mentol, um chapisco de verniz, resquícios de ferro — ferrugem, sangue. Ligeiro no estilo, é macio e equilibrado, sem ponta de rusticidade. E muito mais vibrante que o de 2006.

É tão fácil gostar dele!, é como gostar das flores.

2,70€.

16

.
.

& now for something completely different,

mas que porra, deambulando pela net, já várias vezes aconteceu ter aterrado em sítios de alguém que teve a ideia de ilustrar aquilo que queria dizer com fotos tiradas aqui do blogue, sempre sem qualquer menção à origem das ditas;

ora, se as fotos até são petiscáveis mas quem as tira continua a não merecer um olá, uma hiperligação ou, pelo menos, uma pobre referência — a culpa não é minha! foi o gajo do Puto que Bebe! — começa a tornar-se difícil fugir à questão: será que gostam assim tão pouco do que escrevo?

e se assim é, porque insistem em voltar aqui?