quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Cartuxa '2004

Alentejano de Évora, lote de Aragonez, Trincadeira, Alfrocheiro e Castelão, estagiado em madeira e na garrafa (pois!), elaborado pela Adega Cartuxa.

Fruta madura — mas um tanto apagada — envolvida por notas de vegetal seco e especiarias, tosta e chocolate amargo. Talvez vagas insinuações animais.

O arejamento trouxe-lhe cacau, couro e folha de tabaco.

Corpo mediano em volume e comprimento, de acidez ligeira e taninos um pouco secos. Sem grande substância, o que acabou por fazer sobressair certo calorzinho alcoólico — tão típico como incomodativo.

Um exemplar da colheita de 2003 que bebi há tempos pareceu-me bastante melhor. Agora se é questão de vinho ou de garrafa...

16€.

14,5