quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

D'Avillez — Reserva '2007

Vinho Regional Alentejano da Herdade dos Muachos — Portalegre. Que consiste num cosmopolita lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet e Castelão. Que juraria estagiado em madeira, embora não tenha encontrado tal indicação em lado nenhum.

(Desculpem, mas não ando com paciência para escrever pseudo-romances a introduzir os vinhos, sobretudo quando não consigo encontrar graça nas estórias e histórias que lhes associo.)

Popped & poured; provado e bebido a 15ºC.

No princípio, fruta farta, doce. Depois caramelo, tabaco, café. A madeira, embora longe de se poder considerar impositiva, mostra-se sempre um pouco mais que apenas perceptível.

Apesar da madurez de alentejano de gema, não se prefigura um vinho quente. E embora não seja muito extraído, nota-se (para já?) adstringente quanto baste.

Quanto ao final, pareceu-me mediano em todos os aspectos.

Com o tempo de abertura e subsequente aumento de temperatura, o álcool mostra-se mais. A boca perde frescura; o nariz, definição. E o conjunto fica menos interessante, ainda que alguns possam dizer que mais típico.

Suponho que possa envelhecer pelo menos cinco anos sem qualquer problema. (Mas será que com algum ganho?)

5€.

15