segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

:|

Coisas de blogues idos, outras leituras outros tempos, talentos, graças.


Eu amo-te
Tu amas-me
Ele sabe

[intromete-se no seio, no meio, nas fendas, no túmulo

Nós entregamos os corpos
Vós escutais os silêncios
Eles estrangulam as manhãs


@ FdP