segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Lello '2006

Duriense da Sociedade dos Vinhos Borges. Mistura de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca. Parcialmente envelhecido em carvalho francês durante seis meses. Cor rubi, avermelhada, de razoável opacidade. Muita fruta, vermelha e negra, com toques de baunilha e tostados. Corpo de intensidade mediana e persistência discreta, consistente com a prova de nariz. Acidez reduzida e taninos polidos. Não é mau, sobretudo se se tiver em conta o preço, mas falta-lhe tipicidade — é daqueles vinhos que podiam vir de quase qualquer parte — e, a meu ver, um bocado grande de carácter... Só não é uma «bomba de fruta à novo mundo» — seja isso o que for — porque lhe falta concentração. O crítico da Wine Spectator que o provou em Dezembro de 2007 classificou-o com uns generosos 88 pontos.

3,50€.

14