sábado, 17 de abril de 2010

Castelo Rodrigo — Touriga Nacional '2004

Consumido no mesmo dia que o do post anterior, outro varietal da Cooperativa de Castelo Rodrigo. Garrafa nº 14808 (de 27200).

Foi decantado meia hora antes de servido. Apresentou-se ao nariz com aromas de frutos silvestres, vermelhos e negros, bem maduros, mas não compotados, entremeados com sugestões vagamente florais, evocações de violetas. Fortemente terroso, com laivos ensanguentados, a barrica a pouco se fazer notar. . . como um Côte-Rôtie impossivelmente maduro. . .

Gordo q.b. na boca, apesar de o sabor ter surgido um pouco menos intenso que o prometido pelo nariz. Mais definido com o tempo de abertura, a fruta em crescendo, a culminar em belas sugestões de frutos silvestres, doces, pouco ácidos, deliciosos, que foram perdendo o brilho à medida que se mesclavam com as notas de chocolate que iam despontando.

É um Touriga diferente, agradavelmente austero. E no ponto.

5€.

16,5