sexta-feira, 22 de maio de 2009

Convento da Tomina '2005

Alentejano elaborado com base nas castas Aragonês, Alicante Bouschet, Trincadeira e Alfrocheiro. Intenso, muito aromático logo ao primeiro impacto. Ameixa muito madura, compotas de figo e uva. Também certo travozinho ácido, a fazer lembrar nectarina. Adocicado na boca, cheio de fruta, mas também adstringente e muito alcoólico. Final razoavelmente longo, quente e especiado. Já gostei mais destes vinhos madurões, cheios de tudo excepto finura... Mas, para terceira marca do produtor — Francisco Nunes Garcia — não se pode dizer que esteja mal. Não o beberia a mais de 16ºC e vai melhor na companhia de comida condimentada.

7,50€.

14,5