segunda-feira, 21 de junho de 2010

Reguengos — Garrafeira dos Sócios '2001

Topo de gama da Coop. Agrícola de Reguengos de Monsaraz, este vinho consiste num lote de Trincadeira, Aragonês e Castelão — nada apurei quanto a quantidades — que, volvidas as fermentações alcoólica e maloláctica, estagiou em depósitos durante um ano e, posteriormente, de 8 a 12 meses, consoante a prova, em meias pipas de carvalho português. Encheram-se 110600 garrafas de 75cl, tendo cabido a esta o nº 78711.

Cor vermelho cereja, escura e a acastanhar. No nariz predomina a fruta em passa, negra: figos, uvas e algo mais. Também café, pele e folha de tabaco, num conjunto ainda bem vivo, equilibrado e envolvente. Na boca apresenta algum volume, alguma complexidade e muita macieza. O final é razoavelmente longo. Pelas indicações dadas por esta garrafa, embora não aparente encontrar-se na fase descendente, diria que não vai melhorar com mais guarda.

14€.

16,5