quinta-feira, 1 de julho de 2010

Paul Jaboulet Aîné — Domaine Raymond Roure '1999

Crozes-Hermitage proveniente de cepas com cerca de cinquenta anos, vinha implantada numa encosta granítica voltada a Sul/Sudeste, situada a Norte de Tain-l'Hermitage, adquirida pelo produtor em 1996. Fermentou longamente a temperatura controlada e estagiou durante um ano em barricas de carvalho francês (pois?), 20% das quais novas.

Cor rubi com halo atijolado, o nariz inicialmente dominado por acidez volátil, a pedir arejamento.

Duas horas depois, açúcar mascavado, caramelo, carne, malte, pêlo... já quase completamente terciário. De mansinho, o álcool ia também dando um ar de sua graça, misturado com um ligeiro toque medicinal, almiscarado, de que não desgostei.

Na boca encontrei-o fresco e deveras suave, com vagas reminiscências de cereja caramelizada e açúcar negro (kuro sato), muito macio mas ainda tenso, ainda com alguma estrutura, sem "ocos" evidentes, apesar do final relativamente curto.

Talvez aguente mais um ano ou dois. No entanto, em caso de dúvida...

23€.

16