terça-feira, 5 de outubro de 2010

Adega de Pegões — Colheita Seleccionada '2009 (Branco)

Feito com uvas de cepas Arinto, Chardonnay e Antão Vaz plantadas em solo arenoso, fermentou em barricas, onde posteriormente foi sujeito a um curto estágio com bâtonnage.

Brilhante, cristalino, muito clarinho. Banana seca, ananás e palha. Um pouco mais tropical, mais doce, mais pesado no nariz, enfim, mais Antão Vaz que os seus predecessores de 2007 e 2008, dos quais, aliás, pouco difere. Na boca nota-se-lhe corpo e baunilha, estando o trinómio "intensidade vs. doçura vs. acidez" em mais que razoável equilíbrio — logo, produto de outros, diferentes polinómios, simultaneamente irredutíveis e todos do mesmo grau: mas essas serão coisas mais de enólogo que de wannabe de enófilo :P — Ahem! Vívido, embora não por muito tempo. Contra os 14ºC sugeridos pelo produtor como temperatura de serviço, é um vinho que pede insistentemente que o mantenham frio. Ademais, falta-lhe comprimento. E profundidade. Ainda assim, globalmente, safa-se.

3€.

14,5