domingo, 31 de outubro de 2010

Quinta das Amoras (Branco) '2009

Também da Casa Santos Lima. Arinto, Fernão Pires, Vital, Rabo de Ovelha e Chardonnay.

.
.
.

Limão e musgo. Mais sóbrio, mas também menos intenso que o do post anterior. Se por um lado é curto e muito simples, por outro é fresco e seco, com alguma — agradável — untuosidade. E no lugar do travozinho adocicado do outro, este deixa engraçadas recordações de acidez limonada na boca. Pena ser meio desmaiado.

Tal como o anterior, acompanhou Bonito no forno. Que, por sinal, melhor servido teria ficado com vinhos mais substanciais. Há erros que um gajo tem de admitir. . .

2€.

14