terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quinta da Falorca — Touriga Nacional '2002

Mais um vinho do Dão, este de Silgueiros. Relevo para o produtor e para o ano de colheita, que tantos dizem mau. Monocasta Touriga Nacional, foi engarrafado em Fevereiro de 2004, após estagiar 12 meses em barricas novas de carvalho francês e americano. Abri a garrafa nº2764 de 6674 produzidas.

Granada escuro, mas longe de retinto. Terroso e especiado após meia hora de arejamento em decantador, mostrou-se rico em cheiros a violetas e frutos silvestres, vermelhos e negros, doces, gulosos, talvez ligeiramente confeitados, muito apelativos. Com o passar do tempo, novas sugestões. Primeiro azeitona parda, lagar, café. Depois, e sobretudo ao segundo dia, fruta muito fina, ainda mais bonita que nas primeiras horas de abertura, framboesa e groselha em expressão quase cristalina. Longo e fino na boca, mostrou sempre bem mais intensidade que corpo, taninos finos, óptima fluidez, grande equilíbrio e quase completa ausência de doçura.

Está muito bom. Não fará sentido guardá-lo mais tempo.

12€.

17