quinta-feira, 31 de março de 2011

Lavradores de Feitoria — Gadiva '2007

Relativamente ligeiro, mas mesmo assim curto e grosso, com tanino. Como um puto malcriado, mas bonito. (Porque me terá ocorrido um puto malcriado antes de, por exemplo, uma pita do skate? Mau!) Amora e folha de amoreira, ameixa e azeitona preta, um pouco de mato seco, talvez esteva, talvez rama de tomateiro, quem sabe se ambos. Ademais, álcool, cheiros de Touriga e aquele mínimo de barrica necessário e suficiente para o tornar não unoaked. Não surpreende, aliás, poderia muito facilmente servir de espécime representativo do tinto da sua idade e proveniência, inserido na sua gama de preços — penso que era mais ou menos isso o pretendido quando o lançaram.

Face ao de 2005, bebido em 2008, não perde nem ganha.

3€.

15