domingo, 15 de maio de 2011

Soligamar — Reserva '2006

Composto por 80% de Tempranillo, 15% de Garnacha e 5% de Mazuelo, terá fermentado em pequenos tanques de inox, a temperatura controlada, durante 9 dias. Antes de engarrafado, consta que passou 24 meses em barricas novas de carvalho francês, com trasfegas de meio em meio ano. O autor, as uvas e o local de vinificação, estágio e engarrafamento são os mesmos que os de qualquer outro vinho das Bodegas Ortega Ezquerro, o que se confirma facilmente, tanto no contra-rótulo como online. Fica, no entanto, a curiosidade de que este tem o seu espaço na internet à parte — para os eventuais interessados, deixo o enlace aqui. Quanto a tratar-se do segundo vinho do Lidl em meia dúzia de posts, meus amigos, é a vida: sou um gajo humilde, trabalho muito e recebo pouco, é para o que dá. :P

Cor granada. A fruta, preta, amora, ameixa, aparece madura e com alguma evolução, acompanhada de fumados e café, maresia, terra e especiarias. De sabores, ameixa e sal, com fim de boca picante. Bem sei que este último descritor tem sido usado em quase todas as notas de prova recentes, e aqui torna-se inevitável pôr-me a pensar se não será coisa mais minha que dos vinhos. Pensando bem, aqui está uma questão que poderia colocar a todo e qualquer descritor. Oh, enfim, coisas de quem escreve, esqueçam! Voltando à bebida, em termos concisos, sem merdas, usando uma linguagem muito vista nas micro-provas das revistas e guias e, por conseguinte, aceitando de bom grado o risco de poder parecer a alguns leitores que me estou a armar aos cagados, acento agudo para quê, concentração mediana, taninos polidos e bastante numerosos, acidez agradável, persistência acima da média. De alguma forma, trouxe-me à memória este, pese a notória diferença de idades, pesem todas as diferenças, aliás. Para terminar, note-se que este bom Rioja, embora já se beba com agrado, à semelhança daquele com que acabei de o comparar, tem tudo para cá andar mais de dez anos.

10€.

16,5