terça-feira, 26 de julho de 2011

Juan de Albret — Crianza '2007

O blog continua a meio gás. Simplesmente, não tem apetecido, e para estar a enfiar "palha", só para encher, só para manter a posição nos agregadores e outros que tais, não vale a pena. Novidades? Algumas, mas nada que ao mesmo tempo seja de interesse e não se possa encontrar noutro sítio qualquer. Um moscatel da Venâncio da Costa Lima ganhou o Muscats du Monde, a ERC reprovou a conduta da Benfica TV em relação a Pinto da Costa, encomendei uma placa gráfica nova, morreu uma data de gente na Noruega às mãos de um trololó e a Amy Winehouse também. Vedes (não vêdes)?

Bem, vamos lá ao vinho!

Navarro de Murchante, produzido pela Finca Albret. Composto por 60% Tempranillo, 20 Cabernet Sauvignon e 20% Merlot, passou 14 meses em barricas de carvalho francês e americano.

Muita cor! Frutos pretos, ameixa, alcaçuz e verdor definem este vinho sólido mas linear, sóbrio e envolvente, com força, frescura e taninos numerosos, de grão fino, estrutura firme, a recuperar um pouco as sugestões de possibilidade de guarda que a modéstia da fruta que mostra levaria, à partida, a descartar. Do que falta dizer, rama de tomateiro, azeitona verde, alguma madeira, amanteigada, com côco e baunilha, mesclada no sabor, ligeiro mineral, pareceu-me, alguma dispersão, pelo menos tendo em conta o corpo gordinho, e um final mediano em comprimento mas de boa intensidade, sempre sem amargar. Porreiro.

7€.

16