terça-feira, 6 de setembro de 2011

Pingo Doce — Loureiro '2010

Varietal Loureiro produzido e engarrafado para o PêDê pela Quinta da Lixa.

Alguma agulha, imediatamente perceptível à vista e neste caso uma coisa desejável, dado que sem ela o vinho não teria a mesma vivacidade, seria sem dúvida muito menos apelativo. De cheiros, limão e flor de laranjeira, ou, mais genericamente, flores brancas e citrinos, o perfil habitual, simples, limpo e fresco. Na boca, curto mas relativamente cheio. O sabor, seco e bastante mineral, com acidez característica. Não se sente o álcool.

Gostei especialmente dele a acompanhar empada de galinha, embora também não tenha comprometido quando atirado contra um frango de churrasco.

2€.

14,5