segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Morgado de Sta. Catherina — Reserva '2008

Arinto de Bucelas, da Quinta da Romeira. Fermentou a 18ºC em barricas de carvalho francês, 80% das quais, novas. O estágio deu-se sur lie, com bâtonnage. O que um gajo faz para evitar a palavra borras.

Intenso e razoavelmente complexo. Por ordem de chegada: abacaxi doce, maracujá, pêra-nashi . . . ligeiro fumado, talvez pimenta? . . . tremoço, palha? Já a presença de flores, curiosamente, foi coisa que não notei por aí além.

Sabor amanteigado, com peso, mas, mesmo assim, bastante fresco. A madeira nota-se mais que no nariz. No entanto não é coisa que lhe fique mal, traz-lhe certo ar de solenidade. O final é longo — faz tempo que não punha aqui um vinho do qual pudesse dizer isto.

É branco de Outono, um branco muito bom.

8€.

17