sábado, 10 de dezembro de 2011

Pingo Doce — Tawny 10 Anos

Da Symington, engarrafado em 2009: não é a edição mais recente, logo vai sendo cada vez mais difícil encontrá-lo nas prateleiras. Também já bebi uma garrafa do mais recente, engarrafado em 2010, e encontrei-lhes diferenças, mas isso poderá, talvez, vir a ser assunto para outro post. Do mesmo produtor, e também vendido pelo pê dê, já por aqui passou um LBV de 2003 que na altura não se portou nada mal.

Cor caramelo. Aguardente, mel e frutos secos. Boa untuosidade, intensidade e persistência. Alguma firmeza, e este tipo de vinho precisa tanto dela para não enjoar! Final mediano. É morno e confortável, pede cobertores, filhoses, castanhas assadas.

Curiosa a nota presente no caderninho negro do álcool que refere encontrar-me a ver isto aquando da "prova", como se pudesse ser relevante. Infelizmente, apesar do curto tempo volvido, já não me lembro. E se calhar fazia sentido, terei de procurar.

9€.

15,5