quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Quinta dos Currais — Reserva '2003

2003, que ano tão quente. . . Este veio de relativamente perto da minha terra, tendo sido produzido e engarrafado na quinta que lhe dá o nome, em Capinha, Fundão. Composto por 50% de Touriga Nacional, 25% de Aragonês e outro tanto de Castelão, fermentou a temperatura controlada até aos 28ºC durante 5 a 6 dias, tendo posteriormente estagiado durante 18 meses em carvalho francês.

Fruta madura, densa e escura, parte em aguardente, folha de tabaco, borralha de azeite, casca de azinheira, terra e ligeiro balsâmico. Muito composto, com porte e elegância, a fazer lembrar, de certa forma, um Douro quente com alguns anos em cima. Já percorreu um belo caminho e vai sem dúvida aguentar, pelo menos, outro tanto. Mas beba-se. Ainda nos acontece alguma coisa, para quê guardar os que estão neste estado, que raio. . .

Bebi-o com bôla de carne de porco preto, entre outras coisas, ligação que correu bem.

8€.

16,5