sábado, 21 de julho de 2012

Catarina '2010

Branco das encostas de Azeitão, produzido por Bacalhôa Vinhos de Portugal. O lote é composto por 65% de Fernão Pires e 10% de Arinto, vinificadas separadamente, em inox, a que se juntou Chardonnay fermentado e brevemente estagiado em madeira nova de carvalho francês.

Embora comece a apresentar notas de evolução, ainda nele predomina a fruta, amarela e madura, a fazer lembrar pêssego, ananás e nectarina, secundada por certa austeridade vegetal e ligeiros tostados e abaunilhados de barrica. De corpo firme e acidez bem trabalhada, mostra na boca, no entanto, um lado mais doce, amanteigado, certamente contributo do Chardonnay, que apesar de parecer algo antagónico ao resto do conjunto quando escrito, se enquadra perfeitamente nele. O final é razoavelmente longo. Ligou deveras bem com posta de salmão assado, acompanhada de salada de batata e couve roxa, alface e rúcula daquela que dizem selvagem, com um topping de molho de maionese e alho, misturados com um chapisco de balsâmico. Não posso deixar de recomendar, também, que se combine com queijo de Azeitão — obrigado NovaCrítica.

4€.

16