sexta-feira, 6 de julho de 2012

Lua Nova em Vinhas Velhas '2009

Feito na Quinta dos Frades, de Folgosa do Douro, por João Silva e Sousa e Anselmo Mendes, a partir de um "field blend" de vinhas velhas, com mais de 90 anos, este tinto foi vinificado (metade) em cuba, a temperatura controlada, e em lagares, com pisa a pé. Não passou por madeira.

Muito escuro no copo, quase retinto, logo desde aberto surgiu dominado por basta quantidade de frutos silvestres muito maduros, acompanhados de sugestões balsâmicas e de compota. Encheu bem a boca com sabor intenso e persistente, consonante com o oferecido ao nariz, mostrando também bom volume, uma presença ao mesmo tempo cheia e fresca, de taninos redondos e boa acidez. Muito interessante, mau grado certo (vago) travo adocicado, que acompanhou toda a prova. Em suma, consistindo num esforço decente com o produto de vinhas velhas, o que é sempre de louvar, está tão longe dos melhores exemplares do género em termos de qualidade como de preço. Acompanhou bife em manteiga.

6€.

15,5