sábado, 22 de setembro de 2012

Amoras — Reserva '2008

Outro vinho consensual, que me deixou a ideia de ser melhor bebido jovem, este tinto da Casa Santos Lima, de Alenquer. O contra-rótulo diz serem a Touriga Nacional, o Castelão e o Syrah os constituintes principais do lote, que após a vinificação passou 9 meses em barricas de carvalho português e francês.

Fruta negra no ataque, doce, com traços de compota, sempre a par de algum álcool. Caramelo e chocolate de leite com a evolução no copo. Passou fácil na boca, sem grande volume mas boa concentração de sabores, acidez equilibrada e taninos maduros. Final mediano.

Acompanhou a nossa piza, desta vez com uma variação ao nível da massa, que levou alguma farinha integral e foi polvilhada com carolo de milho, aquando da montagem, como vimos certo tasqueiro de sucesso explicar num episódio recente de Diners, Drive-Ins and Dives.

2€.

14,5