quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Dona Maria '2008

Alentejano de Estremoz, produzido por Júlio Tassara de Bastos na Quinta do Carmo (ou Quinta Dona Maria). Composto por 50% de Aragonês, 20% de Cabernet Sauvignon, 15% de Alicante Bouschet e outro tanto de Syrah provenientes de cepas implantadas em solos argilosos e calcários, foi engarrafado em Abril de 2011, após estágio de meio ano em barricas de carvalho francês e americano. Desta colheita de 2008, resultaram 114000 garrafas.

Nariz bonito, perfumado por bosque e especiarias. A fruta, preta, ameixa e assim, bem envolvida pelo demais, sem tostados ou fumados a quererem destaque, o cipreste, as notas de Cabernet, o vago floral que vai aparecendo em segundo plano, tudo muito agradável. Na boca mostrou-se um vinho sápido, de boa intensidade, com alguma estrutura, largura e final. Peso médio com um extra de complexidade, pareceu-me porreiro.

7,5€.

16