quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Quinta de la Rosa — Tawny 10 Anos (Tonel nº12)

A referência ao tonel nº12, informa o produtor, remete-nos para um tonel de 25 pipas que a família Bergqvist tinha armazenado na cave, por baixo da casa, e de onde abastecia directamente a sua garrafeira deste tipo de vinho.

Engarrafado em 2010. Cor granada, escura para tawny. Aroma intenso a nozes pouco frescas e figos em passa, notas iodadas, evolução. O sabor retém bastante fruta não transformada, mais que o que a prova de nariz faria prever. Ameixa, talvez, e figo, de certeza. Enfim, não sendo um "dez anos" dos mais finos ou complexos, mostra pontos de interesse suficientes para justificar visitas futuras.

E com isto, ainda estou por descobrir o vinho desta quinta que me deixe "meh". Começo a convencer-me de que tal coisa poderá não existir.

17€.

16