segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Quinta dos Termos '2009

Neste post e no próximo, dois tintos colheita da Cova da Beira, já a caminho dos três anos. Este, proposta de entrada de gama da quinta que lhe dá o nome, foi feito a partir de Rufete, Touriga Nacional, Trincadeira Preta e Jaen.

Maduro mas não requentado, mostrou cheiros por vezes algo carregados, com compota de frutos silvestres, vermelhos, algum fumo, indício de breve estágio em madeira, e um interessante toque especiado, quente e picante. Na boca, sabor seco, alguma estrutura, acidez suficiente, simplicidade e equilíbrio q.b.. O final, longo e bom, quase surpreendente. Embora tenha deixado claro ainda poder viver em garrafa, será de questionar o que poderão mais alguns anos de envelhecimento adicional trazer-lhe de positivo, tanto mais que agora aparenta estar no ponto, ou perto.

4€.

15