quarta-feira, 10 de abril de 2013

Álvaro Castro — Reserva '2007

Vinho elegante, insinua-se coisa de terra fria. (Na realidade, como se sabe, as coisas não são bem assim.) Traz consigo farta fruta silvestre, vermelha, caruma e bosque, especiarias. Mais intenso que troncudo, mostra taninos firmes e já maduros a par de um muito bom fim de boca. Tão expressivo, parece que tem o Dão lá dentro, só posso gostar.

Vem na sequência deste. E agora um aparte: como a vida era diferente a 13/7/2008! Meu Deus! Um blogue também pode funcionar como cápsula do tempo, só que em movimento. Dentro do possível, claro está.

Dito pelo produtor: "Elaborado a partir de 65% vinha velha e 35% de Touriga Nacional e Tinta Roriz (...) fermentou em inox, a temperatura contolada, fazendo posteriormente a fermentação maloláctica em cascos de carvalho francês, onde permaneceu em estágio durante 14 meses." Acompanhou futebol na TV e itens de charcutaria.

12€.

17