terça-feira, 14 de maio de 2013

Duas Quintas '2010

Da ficha técnica: "A grande diferença entre o Duas Quintas tinto 2010 e as colheitas dos anos precedentes é o aumento da percentagem de Touriga Nacional para 45% do blend e o acrescento de novas castas durienses, como são a Tinta da Barca, Tinta Barroca, Sousão, Tinto Cão e Tinta Amarela".

Há vinhos que nem encontro necessário levar à boca para que me tragam à memória outras coisas, que podem ser muitas ou poucas e mais ou menos vívidas. Outros, embora também tenham fruta, especiaria, barrica e outros que tais, por mais que eu teime em procurar-lhes nomes, continuam a querer, essencialmente, saber e cheirar a vinho. Ora, é neste segundo grupo que o Duas Quintas se insere.

Com algum esforço, poderia dizer que evocou ameixa e amora preta, das árvores, com um pouco de baunilha doce em pano de fundo. Mas aquilo que mais lhe encontrei foi equilíbrio. O bem proporcionado que é nas suas dimensões apenas medianas. E embora o tenha visto sempre muito bem à mesa, não posso dizer que seja vinho para comida, uma vez que até hoje, por exemplo, não me importava mesmo nada de ficar a beber uma garrafa pela tarde adentro.

9€.

16