sábado, 29 de junho de 2013

Duvel

Há muito que conheço esta cerveja da belga Duvel Moortgat, coisa que desde cedo fiz questão de beber a partir de balões grandes, que usualmente prefiro às tulipas.

Não posso negar que passei muitas boas noites com uma garrafa destas à frente, depois outra e os acepipes do costume, todo aquele haxixe e o tabuleiro de xadrez.

A mousse é fofa e a bolha fina e cheia de vida. Ao mesmo tempo forte e super refrescante, tem ligeiro toque frutado que equilibra o amargo do lúpulo e dos fermentos quase na perfeição (para o meu gosto) e um final que parece limpar a boca.

Com 8,5% de volume alcoólico, não será de excluir que realmente traga algum tipo de diabo dentro, sendo que posso afirmar por experiência própria que é terrivelmente eficaz a fazer sair os daqueles que por ela se deixam levar.

No que diz respeito a acompanhamentos, mastigações, é daquelas cervejas fáceis, que se dão bem com tudo e com nada.

Como se fosse relevante, 2,70€ aprox. por 33cl.