domingo, 2 de junho de 2013

SIVIPA — Moscatel de Setúbal '1996

Tal como qualquer outro vinho do género, teve a fase inicial da fermentação interrompida pela adição de aguardente. Macerou depois em depósito de cimento, durante aproximadamente cinco meses, e estagiou dois anos em barricas velhas de carvalho francês.

Muito melado e essencialmente terciário, com cheiro a pipocas com açúcar, nozes, triple sec e flor de laranjeira, canela, maracujá e álcool. Doce e volumoso q.b. na boca, de toque agradável, apenas pecou por certa flacidez, que embora seja comum, não é característica obrigatória do género.

Quando o abri, mostrava um ligeiro travo acre, a fazer lembrar queijo velho e vinagrinho, que foi perdendo ao longo dos dias seguintes, até quase não se perceber.

18€

16