quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Dona Paterna — Alvarinho '2011

Alvarinho de Paderne, concelho de Melgaço, produzido por Carlos Codesso. Terá passado por algum tipo de maceração pelicular, mas não por barrica.

Quando apenas mostrado ao nariz, faz lembrar mais maçã; depois, enquanto bebido, predominam o maracujá e o caroço de pêssego. Tem ainda um lado verde muito interessante, com certo carácter citrino doce (lima, carambola) a par de algo mais herbáceo, de vaga pungência.

É um vinho que dá muito boa conta de si na boca, é fresco e razoavelmente longo, e mais importante ainda, consegue transmitir leveza sem ser fugaz. Será um Alvarinho mais contido que o habitual, sobretudo na (hm) tropicalidade, e ainda bem.

9€.

16,5